segunda-feira, 27 de julho de 2009

Força Massa!!!!!

Olá pessoal, todo o Brasil está torcendo pela recuperação de Felipe Massa, piloto de F1 que sofreu um acidente no sábado, dia 25. Importante destacar que o que salvou o piloto foi o capacete, projetado para resistir a colisões de grandes intensidades.

O capacete utilizado atualmente na Fórmula 1 é uma versão (muito) “melhorada” daquela utilizada pelo tricampeão Airton Senna. Após uma colisão na curva Tamburello, no GP de San Marino de 1994, um pedaço de um eixo da roda dianteira colidiu com o seu capacete provocando sua morte. Após este trágico acidente, a Fórmula 1 desenvolveu novos elementos que propiciaram uma grande melhora na segurança dos pilotos.



Fonte: F1.Allianz.com

O capacete tem como objetivo principal garantir a segurança dos pilotos. Em uma colisão, o material deve ser capaz de absorver o impacto da colisão, evitando que o piloto sinta o impacto.
No caso do acidente envolvendo Massa, uma peça (mola) de 800 g que soltou-se do carro de Rubens Barrichello atingiu o capacete do piloto. Para Massa, a peça o atingiu com uma velocidade igual a velocidade da sua Ferrari menos a velocidade com que a peça movia-se no mesmo sentido. É uma velocidade muito grande, comparável à velocidade de uma bala de revólver.


Fonte: Lance Net

A atingir o capacete de Massa, a peça possuía grande velocidade e, consequentemente, grande Energia Cinética. O trabalho do capacete é tentar reduzir o valor desta energia cinética antes de atingir o rosto do piloto. Como a espessura do capacete é pequena, o capacete deve aplicar uma força de grande intensidade.


Alguns sites interessantes:
G1 – GLOBO - http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1243390-5602,00-AUMENTO+DA+SEGURANCA+NA+F+AMENIZOU+ACIDENTE+DE+MASSA.html

http://www.tudosobrerodas.pt/i.aspx?imc=2489&ic=1483&o=7091&f=5735

http://www.lancenet.com.br/noticias/09-07-26/587268.stm

www.allianz.com

2 comentários:

Jairo Grossi disse...

O duro é ouvir ou ler as notícias, até mesmo em jornais famosos, (des)informando que a massa da mola ficou maior durante a batida no capacete do Massa. É um absurdo sem tamanho, e que mostra como os escritores ou narradores esportivos, quando resolvem palpitar sobre estes temas, derrapam feio na física.
Parabéns pelo seu blog. Temos que educar os jovens através da ciência, para que não fiquem cometendo estas gafes, não acha?
E depois tem aluno que me pergunta:
- Mas profesor...Eu vou fazer jornalismo...Onde eu vou usar física?...(rsrsrsrsr).
Abraços.

Professor Anaximandro - Físico. disse...

Olá Jairo, concordo contigo. Falta muita informação na mídia para informar corretamente o público.
Na tentativa de simplificar a explicação, muitas vezes explica-se de maneira incorreta.

Acredito que uma disicplina de física/ciência básica deveria ser obrigatória em cursos de jornalismo.

Um abração
Anaxi